Como Adaptar Casas para Idosos

Com o avanço da idade é normal que apareçam algumas limitações de locomoção, o que faz com que haja a necessidade de algumas adaptações na casa onde vivem idosos para que eles continuem tendo autonomia para circular normalmente em sua casa e com segurança. Com isso algumas preocupações devem ser levadas em consideração como os acidentes domésticos. De acordo com dados do Ministério da Saúde, 70% das quedas entre idosos acontecem dentro da própria casa, sendo que 30% destes acidentes causam a morte do idoso e pelo menos 40% deixam alguma lesão grave. Uma casa adequada as suas necessidades, não só traz conforto, independência e segurança, como contribui para a dignidade do idoso, dando espaço para outras questões relacionadas ao prazer de viver bem e realizar suas atividades dentro de casa.

Arquitetura Inclusiva para Idosos

Como Adaptar Casas para Idosos

Arquitetura Inclusiva para Idosos

Atualmente podemos encontrar no mercado profissionais especializados em Arquitetura inclusiva para idosos que trabalham na adaptação das casas com a finalidade de torná-las mais seguras para os idosos e também pessoas deficientes físicas que nela habitam. Existem também sites que dão dicas relacionadas a este assunto, todos orientados por profissionais qualificados e sempre atualizados.

Adaptação de casas para idosos.

Para projetar uma casa na qual vive um idoso é preciso pensar em todos os detalhes que vão garantir o conforto e a segurança do morador, tais como:


Piso: o principal tipo usado para esses casos é o antiderrapante. Com a instalação desse piso será possível garantir a prevenção de acidentes dentro de casa, dependendo da forma como será usado, pode-se garantir também a beleza do ambiente e garantir a segurança.


Escadas: devem possuir corrimão dos dois lados, dimensionados de acordo com o peso e altura do usuário. Em casos onde esse idoso utilize cadeira de rodas para se locomover é necessário que as escadas sejam substituídas por rampas.


Nos banheiros: onde os índices de quedas são mais frequentes devem ser tomados cuidados muito importantes. O piso devem ser antiderrapantes, os tapes devem ser de borracha para evitar acidentes. Na parte de dentro do box deve ter sempre um banco de material plástico e corrimãos para servir de apoio, além de serem colocados também ao lado do vaso sanitário.
Vale lembrar que acidentes no banheiro podem ocorrer com pessoas de qualquer faixa etária, por isso esses cuidados são recomendados para todas as situações e não somente em uma casa com arquitetura inclusiva para idosos.


Na sala: as estantes devem estar fixas ao chão e bem presas a parede, pois serviram de apoio, tapetes e mesa de centro devem sair para dar espaço para circulação e a prevenção de acidentes.


Cozinha: contar com armários que não sejam muito altos e permitam um fácil acesso aos utensílios que são utilizados diariamente, além do piso antiderrapante. A bancada deve ter de 85 a 90 cm do chão.


No quarto: a cama de ter uma altura entre 55 e 65 cm para melhor acesso, armários com luz internas e gavetas com puxadores de fácil manuseio.


Estes equipamentos devem estar sempre de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Portanto é necessário consultar uma empresa especializada para a compra e instalação desses equipamentos, sempre atento as dicas do arquiteto responsável pela criação do projeto da casa.

 

Contato Arquitetos MK